Madeira Wings
146
4

As Madeira Wings, mais conhecidas como Asinhas de Frango à Madeirense, é daquelas receitas perigosas que não se consegue parar de comer.

Este prato é tão fácil, simples, e básico que não percebo porque é que os meus amigos fazem fila para vir cá a casa come-las. Mas verdade seja dita, as Madeira Wings são uma cópia, para melhor, das famosas Buffalo Wings.

Mas vamos à receita.

Para quem vive na Madeira pode encontrar no Nobrega SA caixas de asinhas sem pontas congeladas de 2 e de 4Kg a 2.4€ ao quilo. Em termos de quantidade, e para quem se sabe portar bem à mesa, 1Kg dá perfeitamente para 4 pessoas.

Descongele previamente a quantidade que necessita. Depois de descongeladas, separe com uma boa faca pela articulação, as coxas dos coutos, e deixe a marinar durante 20 minutos apenas em água com uma mão cheia de sal.

Deite cerca de 1cm de óleo numa frigideira anti aderente. Enquanto o óleo aquece – e isto é muito importante – escorra toda a água e seque as asinhas com um pano para lhes retirar toda a água.

Quando o óleo tiver com a temperatura certa (170ºC), deite as asinhas e deixe fritar por seis minutos, depois vire e deixe fritar do outro lado por mais seis minutos. Retire-as depois para uma travessa com papel absorvente para embeber o excesso de óleo.

O molho é o segredo, e a quantidade do molho é a gosto do freguês. O que interessa aqui são as proporções. Para o molho junte uma chávena de massa de tomate, a mesma chávena de açúcar e outra de vinagre branco, ou seja, 1/3 de cada. Misture tudo, e leve ao lume num tacho. Deite uma boa pimenta triturada, e deixe ferver mexendo até começar a ficar em geleia. Quando estiver no ponto desligue e deixe arrefecer.

As Madeira Wings, ao contrário das Buffalo Wings não são fritas e envoltas no molho mas sim servidas com o molho à parte.

Eu pessoalmente gosto de acompanhar as asinhas com bocados de aipo cru (salsão), mas cá em casa todos preferem com batatas fritas e salada.