esparguete frango sem nexo
45
13

Para quatro pessoas comece por cozinhar em água e sal dois peitos de frango com pele durante 30 minutos e quanto estiver cozido  retire e deixe-o arrefecer.

Aproveite a água do caldo onde cozeu anteriormente o frango para cozer o esparguete.  Se achar que o caldo não é suficiente para cozer o esparguete junte-lhe a água necessária e deixe ferver outra vez. Retifique o sal e  junte a porção de esparguete necessária. Os pacotes normalmente indicam  com umas marcas a quantidade de esparguete por pessoa. Nunca parta o esparguete porque é uma ofensa para os italianos por isso coloque-os inteiros na panela. Se a panela for pequena vá os dobrando com uma colher conforme amolecem e  deixe cozer no máximo por 8 a 10 minutos.

O melhor de um bom esparguete é o molho. Para o molho faça um refogado com um fio de azeite, um dente de alho, uma cebola, e quatro colheres de molho de tomate – e para quem não é alérgico – duas folhinhas de Aipo. Refogue tudo durante 20 minutos juntando a água do esparguete aos poucos caso esteja a ficar muito duro. Após os 20 minutos desligue o fogão e moa tudo muito bem com a varinha magica até ficar um molho espesso mas muito ligado. Caso seja necessário retifique outra vez o sal.

Desfie o frango às tirinhas e junte ao molho, adicione depois  esparguete já escorrido 200ml de natas e envolva tudo muito bem antes de desligar o fogão. O resultado  final tem de estar com muito molho e brilhante.

Como as natas dão um sabor muito uniforme aos cozinhados, e para aqueles que, como eu gostam de contrastes  na comida, junte  umas azeitonas pretas sem caroço e umas alcaparras avinagradas  que lhe vão dar um contraste ácido ao frango e às natas.