Caril de Frango com arroz
51
10

O Caril é aquele prato que fica sempre bom. Para quatro pessoas retire apenas a parte do peito do frango para ser usada noutra receita e use o resto para o caril.

O primeiro cuidado a ter é pedir no talho que lhe partam o frango em bocadinhos pequenos. Não cometa nunca o erro de pedir que lhe partam o frango em 6 ou em 8 porque os pedaços ficam sempre muito grandes.

Desta vez tive a ajuda do meu assistente Carlos, que como é brutinho e comodista, em vez de picar a cebola aos cubinhos como eu gosto, usou o 123 e triturou tudo com um dente de alho.

Coloca-se a cebola, preferencialmente em cubos, com 4 colheres de sopa de azeite num tacho e frita-se até ficar transparente. Junta-se uma colher de sopa cheia de caril em pó e 200ml de Leite de Coco (meia lata).

Antes de juntar o leite de coco tenha o cuidado de previamente misturar muito bem o conteúdo da lata e congele a outra metade para outro prato.

Junte os pedacinhos de frango ao refogado tempere com sal a gosto e deixe cozer em lume brando durante +-40 minutos ou até a carne se separar dos ossos mexendo de vez em quando.

Aqui que ninguém nos ouve, o grande segredo deste prato é juntar ao refogado 1 colher de chá de farinha Maizena previamente desfeita em água fria que irá engrossar o molho tornando-o espesso e brilhante. No fim retifique o sal.

Entretanto num outro tacho faça o arroz, de preferência Basmati, apenas com água e sal. Para quatro pessoas eu faço uma chávena de arroz apenas em água abundante já a ferver. Depois de cozido escorro a água, e fica sempre muito soltinho.

Ao servir decore o prato com salsa fresca picadinha a gosto.

Escusado será dizer que o meu ajudante, para não dizer groom, além de triturar a cebola, não fez mais nada, a não ser criticar e atrapalhar a minha livre circulação na cozinha.